sábado, 3 de dezembro de 2011

Bola de musgo suspensa




Tendo-me sobrado musgo após ter feito o presépio, decidi construir a bola das imagens.
Comecei por fazer uma esfera oca em arame. A estrutura foi posteriormente recheada com musgo.
Distribuí diversas espécies de Sedum autóctone pela pele da esfera, bem como outras suculentas. Dei um especial destaque às sempre-vivas. Rematei superiormente o globo com um feto apanhado no muro lá de casa. Inferiormente dependurei uma Tillandsia.
Nos casos em que tal se afigurou necessário, o totó da minha falecida avó Maria serviu-me como fonte de inspiração – em jeito de gancho, para prender as plantas usei grampos de arame que eu próprio construí.
Após uma chuvada senti curiosidade em sentir o peso da bola. Como se de uma esponja se tratasse, é extraordinária a capacidade que o musgo tem para reter a água.
Vou aguardar que a estrutura evolua. Darei depois mais novidades.

Rafael Carvalho / Dez2011

Mais fontes de inspiração clicando AQUI e AQUI.

Sem comentários:

Enviar um comentário