sexta-feira, 9 de maio de 2014

Lírio-fedorento, agora no meu jardim...



+
A um ritmo inferior ao inicial, a minha coleção de autóctones continua a crescer.
Entre a meia dúzia de plantas recentemente introduzidas, conta-se o lírio-fedorento (Iris foetidissima) da imagem. Junta-se ao lírio-amarelo-dos-pântanos, a única espécie autóctone do género Iris que até ao momento possuía.
Se tudo correr bem, daqui por uma ano mostrarei a sua flor.
Rafael Carvalho / mai2014

2 comentários:

  1. Boa sorte. Ainda ontem encontrei na Arrábida uma boa meia dúzia em flor. Suspeito que a floração não é muito regular. As flores não são muito chamativas. Bem mais interessantes são as sementes enquanto não dispersam.

    ResponderEliminar